cervejas

Lohn Bier – Carvoeira

Ale

Brasil

Lohn Bier

9.5% ABV

60

Cumaru   Challenger   Funghi secchi  

Água, malte, candy sugar, lúpulo (challenger), funghi secchi, cumaru e levedura.


36

21/05/2017

Cerveja feita em parceria entre a Lohn Bier e Random nanobrewery / drei Adler Company (uma cervejaria/iniciativa que não sei no que deu, mas que tinha ótimas propostas de cervejas, sobretudo entre 2012 e 2015, quando estavam mais ativos). Esta Imperial Stout feita em parceria foi um tiro certeiro. É a cerveja mais premiada da Lohn Bier, e possivelmente a melhor Imperial Stout do Brasil. A combinação de ingredientes inusitados acabou criando uma cerveja super complexa, inesperada (porém dentro do estilo proposto) e redonda.

Segundo informações da cervejaria: “Em uma parceria inédita, Lohn Bier e Random / drei Adler juntam anos de experiência e apresentam a combinação perfeita entre lúpulo inglês, grãos brasileiros e sabores exóticos. Esta Imperial Stout é densa, complexa com notas amadeiradas e aroma de baunilha. Esta cerveja será uma bela bière de garde. A Carvoeira também está disponível nas versões Nitro, Wood Aged, Pimenta e Café”.

Características do lúpulo Challanger Retirado do site: www.hopsteiner.com/variety-data-sheets/Challenger/

A cerveja é feita com um lúpulo bem tradicional inglês, o Challenger, que é um lúpulo tanto de amargor quanto de aroma, muito usado em Porters, Stouts e Barley Wines. É um lúpulo que confere notas mais herbais (chá verde), um pouco picantes e levemente resinosas.

Tem dois ingredientes inusitados na cerveja: cumaru, que é uma semente amazônica conhecida como a baunilha brasileira, muito similar em sabor e aroma, e que tem sido muito utilizada na gastronomia. E funghi sechi, ou seja, cogumelo seco – resta saber qual cogumelo foi utilizado: shitaki, portobelo, outro? De qualquer forma, os dois ingredientes anunciados são perceptíveis, e isto é muito bom, na minha opinião. Estamos cheio de cervejas que anunciam o ingrediente mas, na hora de tomar, eles passam praticamente despercebidos, e isso, na minha opinião, é inadmissível, porque cria uma expectativa no consumidor que acaba não se cumprindo. Mais um ponto positivo para a cerveja, portanto.