avaliações

Índice

Avaliações

18 de Setembro de 2020

To Øl – Weist The Redeemer  avaliada em 28 de Novembro de 2017, por Rodrigo Caravita

Wbeer

355 ml

aroma

7.27.27.27.27.2(7.2)

aparência

8.58.58.58.58.5(8.5)

sabor

8.58.58.58.58.5(8.5)

sensação

88888(8)

conjunto

88888(8)

8,0


75

Weist The RedeemerAle American Wild Ale Dinamarca Limão Caramelo Cítrico Cìtrico Sour Azeda Bebabilidade 7.5% ABV Água, malte, lúpulo e levedura

A harmonia entre a agradável acidez e o assertivo amargor são as características mais marcantes dessa cerveja complexa e refrescante, que irá agradar em cheio aos fãs de IPAs e Sours.

Veja mais

Super aromática. O aroma induz a algo super frutado, a uma America IPA clássica. Mas ela engana, porque o primeiro gole vem com notas azedas caprichadas.

Cerveja ligeiramente turva, de um âmbar escuro com creme médio e de boa persistência. Com um pouco de Belgian Lace, inclusive. Creme bastante consistente e uniforme.

No aroma, notas de caramelo, frutas cítricas (sobretudo limão) e um pouco de mel. Também se percebe um leve aroma avinagrado, e um leve toque láctico. Essa acidez vem com tudo no sabor, com notas azedas misturadas na medida com as frutas cítricas, amargas e também azedas – como maracujá e limão. A cerveja é ligeiramente salgada também, lembrando de leve uma gose. Final seco, levemente azedo e com um amargor muito bem inserido. Drinkability extrema. Quase nãos e nota os 7,5% de álcool. Impressionante. Com tudo isso, ainda possui um corpo leve. Dizer o que? Só aproveitar essa excelente cerveja. Algo entre uma Berliner Weisse (sobretudo pela acidez bem presente), uma Gose (pelo sal) e uma IPA (pelas notas cítricas e pelo amargor).

Outras cervejas interessantes

10 anos

Lager Brasil

7.2% ABV

Paraíso

Ale México

4.5% ABV